Campeonato Brasileiro 1985 » Semifinal e final

SEMIFINAL E FINAL

(22/07) Com Rafael suspenso, o goleiro Jairo, recordista de partidas com a camisa alviverde, afirma: "Sou bom e tenho estrela em decisões".
(24/07) Jogo 27 : Coritiba 1 x 0 Atlético Mineiro (em Curitiba)
* O Coritiba mandou duas bolas na trave do Galo.
* Toby foi o destaque do jogo.
* Aos 30 minutos, o jogo parou por falta de luz (e ficou paralisado por 20 minutos).
* Logo no início do jogo, o ponta mineiro Sérgio Araújo finalizou com violência. Jairo fez uma grande defesa, levando a torcida ao delírio e a gritar seu nome.
* Édson levou uma garrafada no ombro, jogada descuidadamente pela própria torcida coxa-branca.
* Gol do Coxa:
  • Gil bate o escanteio, Édson cabeceia e a bola sobra para Heraldo, que faz o gol da vitória.
(28/07) Jogo 28 : Coritiba 0 x 0 Atlético Mineiro (em Belo Horizonte)
* Um lance muito contestado: Aos 33´do 1º tempo, Rafael fez uma defesa segurando a bola sobre a linha fatal. Os mineiros alegam que a bola entrou e que Rafael puxou-a para fora.
* A pressão mineira foi do primeiro ao último minuto de jogo. A defesa coritibana não estava bem, mas Rafael garantiu o empate com defesas sensacionais.
* O Coritiba estava classificado para a final e também para disputar a Taça Libertadores da América, no ano sequinte. Seria a primeira vez que um clube do Paraná disputaria tal competição.
(31/07) Jogo 29 : Coritiba 1 x 1 Bangu (no Rio de Janeiro)
* Todas as torcidas do Rio de Janeiro se uniram para prestigiar o Bangu.
* Índio voltou a marcar um gol depois de passar dezesseis rodadas seguidas do Brasileiro sem balançar as redes uma vez sequer.
* O árbitro invalidou um gol do Bangu, marcado por Marinho, em impedimento.
* No gol de empate do time carioca, a bola chutada por Lulinha bateu na perna de Heraldo e deslocou o goleiro Rafael, que nada pode fazer.
* Encerrada a partida em 1x1, aconteceu uma prorrogação de 30 minutos, permanecendo o empate. O título foi, então, decidido através da cobrança de penalidades.
* Na 1ª série de penalidades, empate em 5 x 5. Converteram os pênaltis para o Coritiba: Índio, Marco Aurélio, Édson, Lela e Vavá.
* Na 2ª série, na hora de cobrar sua penalidade, o ponteiro Ado, do Bangu, quando correu para a bola, notou que Rafael ia cair no canto que ele iria bater. Rapidamente mudou, meio sem jeito, o lado da cobrança e, por isto, a bola saiu fraca, sem direção, para fora. Na seqüência, Gomes do Coritiba, cobrou e fez o gol do título.
* O gol de Gomes foi feito às 0h39 do dia primeiro de agosto.
* Castor de Andrade, patrono do Bangu, dizia que agosto era seu mês de azar.
* Durante todo o jogo, permaneceu no estádio um caminhão do Corpo de Bombeiros com as faixas de Campeão Brasileiro para o Bangu.
* Gol do Coxa:
  • Toby sofreu falta, que Índio cobrou. A bola bateu na barreira e enganou o goleiro Gilmar.